Mobdf

Foto de fauxels no Pexels

Animar e fortalecer o ecossistema de inovação do Distrito Federal, este é o objetivo do Mobiliza.DF! Com o financiamento da FAPDF, o programa ofereceu, em sua primeira rodada, capacitação para 29 profissionais da administração pública do Distrito Federal ligados a diversas áreas do governo com interesse em promover ações de  inovação para a região. 

Divididos em seis grupos, os participantes tiveram a oportunidade de acompanhar workshops, mentorias e uma semana inteira de conexão com o ecossistema de inovação do Reino Unido. Todo esse processo resultou em iniciativas plurais, que visam a aproximação dos atores do ecossistema de inovação do DF e RIDE. 

Conheça as soluções que os seis grupos desenvolveram!

GOVINOVA 

Desafio: Como podemos desenvolver a cultura digital e de inovação no governo do Distrito Federal?

Jornada: A ideia do grupo foi fortalecer a cultura de inovação entre os agentes públicos. Os participantes pesquisaram e chegaram à conclusão de que uma ação viável para isso seria promover uma maior integração dos Laboratórios de Inovação existentes no Distrito Federal através de uma plataforma digital de ações que funcionasse como um Living Lab.  

Focado nos agentes públicos, a plataforma tem o objetivo de também  ser um ambiente de difusão da cultura de inovação, assim como uma via para ações de capacitação para esse público. Atualmente o grupo está desenvolvendo ações de articulação com diversos stakeholders para desenvolver parcerias com os Laboratórios de Inovação existentes, estruturando a viabilização de uma política pública para dar suporte ao projeto de desenvolvimento de uma plataforma de integração e de uma calculadora de TRL/MRL/IRL

Integrantes do grupo

  • Gilmar dos Santos Marques – Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF)
  • Sonia Maria Alves De Medeiros – Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF)
  • Raphael dos Reis augusto – Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF)
  • Rebeca de Lima Sebba – Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF)
  • Larissa Jesus de Souza – Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF)
  • Eduardo Castro – Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Distrito Federal (SECTI-DF)

“Muitas ideias de inovação surgiram durante o trabalho, os cases apresentados foram muito relevantes para que pudéssemos pensar no nosso projeto”, Gilmar Marques.

INVEST DF

Desafio: Como atrair investimento para acelerar negócios de inovação do BIOTIC – Parque Tecnológico de Brasília?

Jornada: O objetivo foi atrair investimento para o Parque Tecnológico de Brasília, porém, a partir de conversas, os integrantes do grupo viram que uma forma para isso é, justamente, apoiar o crescimento de startups de segmentos que o Parque possui interesse. O grupo resolveu, então, investir na criação de uma linha de crédito para essas startups. 

No momento, eles estão estruturando o formato da linha de crédito para que ela possa de fato ajudar as startups, além disso buscam parcerias para torná-la real. Caso tenha um retorno positivo, a linha de crédito poderá ser replicada em outros ambientes. 

Integrantes do grupo

  • Felipe Ribeiro de Sousa – Escritório de Assuntos Internacionais do Gabinete da Governadoria (EAI-DF)
  • Danilo Martins Diniz – Administração Regional de Brasília
  • Nanci Moreno Paro – Secretaria de Economia do Distrito Federal (SEEC/SUCAP)
  • Patrick de Melo Santa Cruz – Banco de Brasília (BRB)

“Essa primeira edição foi inovadora, grandiosa e fora da casinha tradicional da administração pública na busca por encontrar soluções para os desafios reais”, Felipe Sousa.

MOBILIZAELAS

Desafio: Como alavancar projetos de inovação desenvolvidos na Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (RIDE)?

Jornada: A partir do objetivo inicial o grupo conversou com a população da região administrativa do Gama e com palestrantes do Reino Unido, além de realizar pesquisas sobre o tema. Todo esse trabalho em campo os ajudou a construir uma persona para a ideia que estão montando: uma mulher, em situação de risco social, que deseja empreender mas não tem suporte para começar. Com isso, o desafio acabou mudando radicalmente para atendê-la de forma adequada. 

Nesse sentido, o grupo passou a se mobilizar em torno da pergunta: ‘como alavancar projetos inovadores liderados por mulheres residentes na Região Administrativa do Gama’. A solução que o grupo encontrou foi conectar essas mulheres, para isso estão desenvolvendo uma plataforma digital onde as empreendedoras poderão encontrar cursos, capacitações, mentorias. 

O objetivo é induzir encontros, fomentar redes e oferecer capacitações. O grupo, inclusive, já fez um evento teste onde validou o protótipo. A ideia é que o Gama seja apenas um piloto e que a solução se estenda para outras localidades do DF e região. Atualmente, o grupo trabalha na construção conceitual do site e em formas de viabilizar financeiramente o projeto.

Integrantes do grupo

  • Andréa Cristina Silva Oliveira – Administração Regional do Gama – administração direta do Governo do Distrito Federal
  • Carla Goncalves Lobato – Procuradoria Geral do Distrito Federal (PG-DF)
  • Riane de Oliveira Torres – Procuradoria Geral do Distrito Federal (PG-DF)
  • Vladimir Eugênio Pascoal Campelo – Secretaria de Economia do Distrito Federal (SEEC/SUCAP)
  • Bruno Cesar Goulart – Bolsista de Inovação – Universidade de Brasília (UnB)

“A nossa equipe desenvolveu um projeto que tem bastante impacto, por se tratar de mulheres e empreendedorismo feminino”, Bruno Goulart.

4U

Desafio: Como melhorar integração e conectividade da quíntupla hélice do DF e RIDE – empreendedores, Academia e Governo gerando inovações que atendam as necessidades da sociedade e do meio ambiente?

Jornada: Para resolver esse problema, o grupo desenvolveu uma plataforma colaborativa que inclui desde a capacitação dos agentes públicos a eventos. A ideia é de fato envolver e conectar os atores da quíntupla hélice so ecossistema de  inovação. Atualmente o grupo já possui uma primeira versão da plataforma, e está em busca de novas parcerias para dar andamento ao projeto. 

Integrantes do grupo

  • Alessandra do Valle Abrahão Soares – Instituto Brasília Ambiental (Ibram
  • Willamy Mamede da Silva Dias – Parque Tecnológico de Brasília – BIOTIC S.A
  • Alberto Peres Neto – Casa Civil – Subsecretaria de Inovação
  • Saul Vieira Pimentel – Companhia de Planejamento do Distrito Federal (CODEPLAN): Diretoria de Estudos Urbanos e Ambientais

“O processo de integração do projeto do qual eu faço parte foi extremamente inovador e eficiente. A metodologia proposta pela Wylinka se mostrou natural e intuitiva ao integrar pessoas com vivências diversas”, Alberto Perez.

INTEGRARE 

Desafio: Como podemos conectar a administração pública distrital e startups para inovar nas soluções dos problemas? 

Jornada: Para resolver esse desafio o grupo desenvolveu a ideia de uma plataforma digital  que visa ser um ponto de encontro virtual entre o governo, startups e população. A ideia é conectar as demandas da população e do governo, com as soluções desenvolvidas nas startups. 

Nesse sentido, a plataforma busca ser um ambiente de interação e promoção da democracia, assim como busca facilitar as compras públicas. O grupo também pretende que exista uma área de capacitação para os gestores públicos e consultores para falar sobre os problemas levantados pela população e governo.

Integrantes 

  • Arthur Wittenberg – Casa Civil: Governo do Distrito Federal
  • Anna Karina Vieira da Silva – Procuradoria Geral do Distrito Federal (PG-DF)
  • Michelle Guitton Cotta – Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEE-DF)
  • Emerson Ribeiro Barbosa – Corregedoria-Geral do Distrito Federal
  • Matheus Teixeira de Oliveira – Procuradoria Geral do Distrito Federal (PG-DF)

“Conhecemos pessoas interessadas e com vontade de inovar no Distrito Federal”, Anna Karina.

INOVAR E PROSPERAR 

Desafio: Como alavancar a visão de um futuro inovador na RIDE-DF?

Jornada: O grupo integra o Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico do Distrito Federal (Codese) e enxerga o Conselho como um grande articulador para o desenvolvimento da RIDE por meio da inovação.. Nesse sentido, a ideia foi apresentar para o Conselho uma proposta que busca alavancar a visão de futuro que eles imaginam através do projeto de um bairro inteligente em uma área que seja vetor de crescimento para o DF e RIDE. 

A ideia é que o piloto seja feito no Polo JK, região estratégica que fica próximo de locais com potencial de crescimento através de ações ligadas à inovação,  e tecnologia.Para isso o grupo desenvolveu uma proposta de desenvolvimento para a região que será levada ao Codese com o objetivo de sensibilizar a participação e o apoio do conselho na viabilização de um projeto piloto de desenvolvimento para o Polo JK.  

Integrantes do grupo

  • Jaqueline Perez Orsi Bougleux – Conselho de desenvolvimento econômico, sustentável e estratégico do Distrito Federal (Codese): Regional Plano Piloto
  • Maria Rosa Abreu de Magalhães – Conselho de desenvolvimento econômico, sustentável e estratégico do Distrito Federal (Codese)
  • Grice Araújo – Conselho de desenvolvimento econômico, sustentável e estratégico do Distrito Federal (Codese)
  • Ivelise Maria Longhi Pereira da Silva – Conselho de desenvolvimento econômico, sustentável e estratégico do Distrito Federal (Codese)
  • Emely França de Paula – Conselho de desenvolvimento econômico, sustentável e estratégico do Distrito Federal (Codese)

“O Mobiliza tem conseguido ampliar bastante o nosso networking, permitindo uma integração forte entre os diversos membros do grupo e temos buscado uma visão inovadora para velhos problemas”, Ivelise Longhi.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.